Como Desenvolver Aplicativos para o Android

criar-aplicativos-android

Eu pretendo iniciar com este artigo um curso ensinando como criar aplicativos para a plataforma Android. A motivação para iniciar este pequeno projeto é para compartilhar um pouco do conhecimento que acumulei durante os últimos anos e com isso ajudar pessoas interessadas em criar aplicativos. Os artigos possuem uma abordagem muito prática, fácil, descomplicada e tenta explorar uma forma rápida para criar um app. Ao longo dos artigos o conteúdo teórico será disponibilizado de acordo com a necessidade.

Não há pré-requisito para estudar os artigos, embora um conhecimento de programação, plataforma Android, Java ou pelo menos o paradigma da orientação a objetos é desejável. Digo isso para você ter um entendimento melhor do código.

Caso você não gostar da linguagem de programação Java não se preocupe! Você não precisa ser um expert em Java e nem ler o livro do Deitel todo! Para criar aplicativos nativos para o Android você precisa ter um conhecimento médio sobre Java como por exemplo a estrutura de classes, pacotes, estrutura de fluxos, namespaces, tratamento de exceções, etc. Uma apostila básica e umas vídeos aulas já podem ajudar, com o tempo você vai vendo o resto. E o legal do desenvolvimento de aplicativos para o Android é que nem tudo é feito através da linguagem Java, por exemplo, os elementos gráficos são definidos através de XML de forma muito simples que muitas vezes chega a lembrar o HTML. O importante é você focar no SDK do Android para conhecer toda a API e as ferramentas disponíveis. Feito isso você poderá criar apps incríveis. E claro uma boa dose de paciência é necessária, pois no começo nem sempre é fácil, mas tudo faz parte do aprendizado para você ficar fera.

O foco dos artigos vai estar somente no desenvolvimento nativo de aplicativos. Assim, serviços para criar aplicativos Android online ou programas como o Adobe PhoneGap que gera um app a partir do HTML5+CSS3 e JavaScript não serão abordados nesta série. Talvez futuramente. Outro motivo para isso é que os apps nativos rodam muito melhor do que outras formas e se for para você aprender a criar apps que seja da maneira certa!

As dicas serão passadas para para o desenvolvimento em máquinas que rodam o Sistema Operacional Linux embora são muito semelhantes para quem quer se aventurar com o Windows. No entanto não vou passar nada exclusivamente para o Windows, assim você terá que adaptar as coisas. Bom mas se você está realmente interessado no desenvolvimento para o Android já é legal você instalar o Linux no seu computador. Digo isso pois o Kernel ou núcleo do Android é Linux assim muitas coisas como drivers, estrutura de arquivo, comandos etc são iguais no Linux. Assim colocando o Linux na sua máquina já vai te ajudar no aprendizado do desenvolvimento de apps para o Android. Além do mais com a complicação do Windows 8 o Linux está muito mais fácil de trabalhar! Pense nisso!

As ferramentas de trabalho aqui vão ser as mesmas fornecidas no site de desenvolvimento do Android nada além disso, vez por outra algum utilitário diferente será citado.

Estas são as dicas inicias vamos botar a mão na massa!

Instalação do Android SDK com o Eclipse

O SDK do Android fornece vários modos de instalação e é personalizável etc. Para iniciantes o mais indicado é baixar tudo de uma vez, incluindo a IDE Eclipse. Vem tudo já em um único zip de 500Mb. Conforme já mencionado, este roteiro é para o Linux mas deve servir para o Windows também, sem maiores problemas.

Antes de começar é necessário salientar que o Java deve estar instalado. Para verificar se o Java já está configurado nas variáveis de ambiente só rodar o seguinte comando: “java -version” deverá sair algo como:

[crayon-584bc1240316b484128466/]

Caso não aparecer nada, existe uma grande possibilidade de o seu Java não estar instalado. Faça uma pesquisa nos binários do seu PC para certificar realmente que o Java não está instalado. Assim, você deverá baixar o JDK do Java e instalar na sua máquina aqui. OBS: No Linux você poderá utilizar algum gerenciador de pacotes como o apt-get ou zypper para instalar de forma automática. A dica aqui é a seguinte: depois de instalar o JDK é muito importante que você tenha configurado o caminho deste kit de desenvolvimento do Java no PATH das suas variáveis de ambiente. Não sabe como fazer isso? Pesquise no Google!

1 - O primeiro passo é fazer o Download do SDK Android em: http://developer.android.com/sdk/index.html

Neste pacote além das ferramentas e API do Android, vem também uma versão do Eclipse pronta e já configurada para trabalhar com o Android.

android

2 - O segundo passo é descompactar tudo e executar o Eclipse que já vem no diretório. Conforme as dicas nesta página: http://developer.android.com/sdk/installing/bundle.html

Sem drama! Ao entrar na pasta do Eclipse e clicar sobre o ícone o mesmo já é executado. criar-apps-android-2

O mesmo acontece com as ferramentas do Android. Para refinamentos na instalação, ler o arquivo “SDK Readme” que possui todos os detalhes para fazer uma instalação e configuração mais detalhada.

Dica: No linux criei uns atalhos adicionais para colocar as ferramentas na minha área de trabalho. Segue os comandos:

[crayon-584bc1240317b882619642/]

Repare que os caminhos aqui deverão ser mudados de acordo com a sua máquina. O que estes comandos fazem? Estes comandos criam 2 atalhos na pasta principal do Android. E para quê eu quero criar atalhos na pasta principal do Android? Simples! Como utilizo o KDE e o Plasma eu configurei um widget  para listar estes atalhos na minha área de trabalho. Veja na imagem abaixo.

criar-apps-android-3

Depois as variáveis de ambiente foram setadas para poder executar as ferramentas do SDK do Android na linha de comando sem precisar ficar passando o caminho completo. Para isso você vai na sua pasta home e edita o arquivo oculto de variáveis de ambiente chamado .bashrc. Neste arquivo em PATH você deverá colocar o caminho da pasta SDK do Android. Veja a imagem de como ficou:

criar-apps-android-4

Depois de colocar é só salvar e voltar para a linha de comando do Konsole. Na linha de comando você entra com o seguinte comando para o Linux reler suas variáveis de ambiente sem a necessidade de reiniciar o PC (isso não é Windows):

[crayon-584bc12403182859805798/] Agora vamos testar para ver se a brincadeira deu certo, digite "android -h", deverá aparecer uma tela como abaixo: criar-apps-android-6

Isto é só um exemplo mas você poderá executar todas as ferramentas como os emuladores, o servidor ADB (Android Debug Bridge), etc.

Basicamente é isto para ter o ambiente de desenvolvimento do Android instalado de maneira funcional no seu computador. Agora vamos ver como baixar um material extra do SDK para você ter o mínimo para começar a criar aplicativos.

Pós-Instalação & Configuração do Android SDK

Alguns pacotes devem ser instalados através do Android SDK Manager. Aqui, vai muito do gosto do desenvolvedor para selecionar o que baixar. Neste artigo vamos nos pautar na documentação oficial para ter o necessário para realizar o desenvolvimento dos apps. Abra o Android SDK Manager ou entre com o seguinte comando "android" no Konsole.  Para iniciar o desenvolvimento os seguintes pacotes devem ser instalados:

  1. A última versão dos pacotes de ferramentas.
  2. A última versão do Android.
  3. A biblioteca de suporte do Android (abrir a pasta Extras e selecionar a Biblioteca de suporte Android).
A imagem abaixo mostra os pacotes instalados (repare a coluna "status"): criar-apps-android-7a criar-apps-android-7b Depois de selecionar tudo é só clicar em instalar e sair para tomar um café.

Hello World no Android

Esta é a última parte deste artigo. Você vai criar seu primeiro aplicativo sem digitar uma linha de código! Para começar vamos executar o Eclipse. Caso esta for a primeira vez que você estiver executando, uma tela de boas vindas será apresentada com algumas informações, feche esta tela para acessar a perspectiva de desenvolvimento Java!

Agora vamos setar uma máquina virtual do Android ou emulador para testar os aplicativos criados. No SDK do Android estas máquinas virtuais são chamadas de AVD (Android Virtual Device), você pode criar quantas máquinas quiser, mas para este momento uma é o suficiente. Fique bem atento com relação as configurações que você vai escolher para o hardware, pois se você escolher algo muito avançado e o seu computador de trabalho tiver um baixo poder de processamento vai dar pau na hora de executar a máquina virtual ou na hora de rodar o seu aplicativo! Assim, fique atento a isto! Para este tutorial será criado um AVD bem básico para garantir que todos poderão rodar em suas máquinas. Para criar o AVD siga os passos abaixo:

  • No Eclipse vá em Window > "Android Virtual Device Manager".
  • Clique em "New".
  • Informe as configurações da sua máquina conforme a imagem abaixo:
criar-apps-android-8

Repare que a configuração é humilde isso garante que funcionará sem problemas. Caso o seu computador estiver com um hardware bom você pode ir escolhendo umas opções diferentes o negócio é testar aqui. Veja o que você pode melhorar para ter um hardware legal e mais rápido para executar seus apps:

  1. Em "AVD name" coloque um identificador da sua máquina de preferência sem espaços, isso vai facilitar caso você quiser chamar o emulador da linha de comando.
  2. Device escolha um "Nexus 7", por exemplo.
  3. Target aqui você deve escolher o Android com a API de level mais alto.
  4. CPU/ABI, aqui você pode escolher o processador da Intel que é muito mais rápido que o ARM.
  5. SKIN você escolhe HVGA.
  6. Se quiser colocar câmera fica a seu critério, mas é bom você ter uma webcam configurada no seu PC.
  7. Memory Options, geralmente o default já é suficiente mas caso você quiser aumentar a RAM pode (atenção, não coloque nenhum valor que extrapole os limites do seu PC!!).
  8. Internal Storage vale as mesmas dicas do ponto 7.
  9. SD Card a princípio não é necessário mas caso você quiser um ou quiser simular o acesso a um, coloque um de 16Mb (MEGA) isso para a maioria dos casos é mais do que suficiente.
  10. Emulation Options selecionar "Use Host GPU" isso vai dar uma apimentada para deixar mais rápido também.

Feito isso você vai ter uma máquina top, mas conforme eu disse, só vai funcionar se você tiver um hardware físico legal no seu PC. Finalize com um OK e agora você pode sair do AVD Manager.

Criando o aplicativo, siga os passos abaixo:

  1. File > New > Android Application Project.
  2. Coloque o nome do seu aplicativo, e um endereço invertido do seu site (caso você tiver) ou um fictício como "com.minhacasa.bla.bla.bla". Aqui, neste exemplo, será utilizado o do Central Android.
  3. Minimum Required SDK, a plataforma mínima que seu aplicativo pode rodar sugiro colocar a API 9, pois oferece o suporte a algumas funcionalidades que não há na 8.
  4. Target SDK, aqui você pode colocar o SDK máximo, o mesmo escolhido no seu AVD, vamos colocar a API 19 do Android KitKat.
  5. Theme, embora não seja necessário vamos escolher o "Holo Light with Dark Action Bar" para deixar o app bem bonito.
  6. Clicar em Next.
criar-apps-android-9
  1. Na segunda tela deixe marcado "Create Custom laucher icon" para criar um ícone do app.
  2. Deixe marcado ou marque "Create Activity" (Atividades no Android são muito importantes e será abordado em outros artigos com mais detalhes).
  3. Deixe marcado também "Create Project in Workspace".
  4. Next.
criar-apps-android-10
  1. Você vai para a tela de configuração do ícone, aqui vamos deixar tudo padrão e vamos clicar em Next.
  2. Na próxima tela deixe selecionado o "Blank Activity".
  3. Next.
  4. Agora será apresentado uma tela para você especificar o nome da atividade layout etc. Vamos deixar tudo padrão para simplificar. Aqui algo interessante que podemos notar é o Layout e Fragment Layout algo que será abordado mais a frente.
  5. Finish.
criar-apps-android-11 Seu projeto será criado e você terá uma tela parecida com esta: criar-apps-android-12

Agora clique no botão verde (parecido com um play) para rodar seu aplicativo Hello World no emulador do Android. Pronto você criou seu primeiro aplicativo sem digitar uma linha de código!!

criar-apps-android-13

O que fazer agora? Esperar o próximo artigo não dá :). Explore o Eclipse! Arraste os elementos visuais para a tela principal do aplicativo, troque as propriedades dos elementos rode o aplicativo, brinque a vontade. Aproveite para explorar a documentação oficial da API do SDK do Android para conhecer melhor o que você vai encarar daqui para a frente.

Curtiu este artigo? Nos incentive a escrever mais! Dê um +1 e Compartilhe estas informações. Dúvidas? Utilize os comentários.

Carlos Eduardo da Silva. Administrador e editor-chefe deste site. Formação em Telecomunicações e Redes de Computadores. Especialista em Engenharia de Projetos de Software.
Carlos Eduardo on sabtwitterCarlos Eduardo on sabgoogleCarlos Eduardo on sabgithubCarlos Eduardo on sabfacebook